quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Joelson Oliveira Dvmi - DESIGN DE VISUAL MERCHANDISING E INTERIORES

Olá queridos.

Hoje estou apresentando à vocês o trabalho do meu amigo:



FORMADO EM DESIGN DE INTERIORES PELA FACULDADE DE CUIABÁ-UNIC, TRABALHO COM DESIGN DE VITRINES EM LOJAS DE CONFECÇÕES QUE REMETEM CONCEITOS DE MODA...


Vitrinismo, antes de mais nada, está inserido no conceito de Visual Merchandising

 Essa técnica de marketing tem a incumbência de “seduzir” o cliente através de apelos visuais, estimulando-o a comprar. Uma exposição bem elaborada pode ser um dos fatores determinantes de uma ação de vendas bem sucedida.
Muitos profissionais do varejo ainda não entendem a importância desse apelo visual. Nem sempre uma liquidação, ou a prática habitual de bons preços, é sinônimo de sucesso. Pense rápido: quantas vezes você passou direto pela vitrine de uma loja, mesmo sabendo que a loja oferecia produtos a preços acessíveis? Às vezes somos incoscientemente levados para longe de uma loja, simplesmente por causa do desleixo ou da desorganização na exposição dos produtos em uma vitrine, que tinham, por sua vez, a obrigação de nos encantar e nos incentivar a comprar. Por outro lado, uma vitrine bem trabalhada com elementos criativos, são capazes de aguçar a nossa curiosidade a tal ponto que a recordação seguinte já é a digitação da senha do cartão de crédito.

Vitrine da Harrods, em Londres. Fotos: Kaisa Leinonen
O profissional que trabalha com vitrinismo é chamado de vitrinista.
 É dele a função de criar um espaço convidativo, sem poluição visual. Além da vitrine propriamente dita, o profissional tem a incubência de valorizar a comunicação visual (cores, etiquetas, acessórios, etc.) do estabelecimento para inserir esses elementos no contexto da sua produção criativa.
 Ser vitrinista não é empilhar os produtos de uma loja por detrás do vidro, é usar a criatividade para incutir no consumidor o desejo de comprar.
Postado por JOELSON OLIVEIRA


Os trabalhos que ele faz: