sexta-feira, 11 de abril de 2014

Japonesas de Cabelos Coloridos

Saiba da onde vem a moda dos Cabelos Coloridos.


A cultura japonesa está ligada também aos cabelos, desde as gueixas, com séculos de tradição até aos looks modernos e descolados que atualmente ligamos aos jovens japoneses. Um desses estilos mais famosos é o "Harajuku", tipo de moda e cultura urbana cuja principal característica é o estilo exótico, colorido, personalizado por quem usa.
O nome é inspirado na área do bairro homônimo, que ficou famoso nos anos 1990 pela grande quantidade de jovens vestindo roupas extravagantes que passeavam por suas ruas. Apesar de ter o mesmo nome, o "Harajuku" é formado por diversas subcategorias de estilos diferentes e visual próprio.

DIVERSOS ESTILOS EM UM SÓ LUGAR

As "Lolitas" são as meninas que se vestem como bonecas, com muita renda, babado e cores pastel. As "Gothic Lolitas" são uma versão mais melancólica, sempre de preto e detalhes vitorianos. As duas tribos são adeptas de penteados infantilizados com muitas ondas, cachos, faixas e laços grandes para enfeitar os cabelos. Já as "Decora" usam roupas multicoloridas e levam o "faça você mesmo" às últimas consequências, com acessórios que incluem muitos brinquedos, bijuterias de plástico, penduricalhos e perucas coloridas.
As "Fairy Kei" são uma mistura entre as "Decora" e as "Lolitas", com grandes laços e muitos tons de rosa em visuais que lembram o estilo de Katy Perry no vídeo de "California Gurls". Existem ainda outras tribos, como as "Cosplayes", que se inspiram no visual de animes e mangás e as "Kogal", que tentam imitar o estilo ocidental exagerando no bronzeado e investindo em lentes coloridas e unhas postiças.

AS HARAJUKUS PELO MUNDO

O estilo se espalhou pelos centros urbanos japoneses e apesar de ainda causar certa estranheza, faz sucesso entre os jovens de grandes cidades do país como Toquio, Nagoya e Osaka. As" harajukus girls" também se firmaram no imaginário na cultura mundial e se tornaram inspiração no mundo da moda, como para a estilista Viviane Westwood, na coleção de roupas da modelo Agyness Deyn, e para a cantora Gwen Stefani em seu primeiro disco solo.
Apesar de o visual não fazer sucesso fora do Japão, os fios coloridos e os cortes ousados derrubaram barreiras e tem adeptos no Brasil. Para quer se inspirar no estilo, invista na tinta fantasia e cuidado com os fios, que necessitarão de descolorações para chegar a cores tão ousadas como as das "harajukus".